Tratamento seca

Tratamento cosmético da Dermatite Atópica

Para controlar a pele atópica, devemos ter em conta três passos fundamentais: uma higiene apropriada, um tratamento hidratante diário para o corpo e um tratamento local de efeito calmante durante o surto do eczema atópico.

Primeiro passo: higiene suave
A infecção acentuada e a secura da pele em pacientes com dermatite atópica estão directamente relacionadas com a higiene 
e com a escolha de certos cosméticos.
Diariamente, deve tomar-se um duche com água morna, com a duração máxima de 20 minutos.
No banho, pode usar-se "sabão sem sabão" (syndet). Há produtos especialmente pensados para este tipo de peles, gordurosos 
e com substâncias calmantes, que restauram a barreira da pele e previnem a desidratação.
Depois do banho, deve secar-se suavemente a pele sem esfregar para não causar irritação.

Segundo passo: hidratação corporal diária
Imediatamente após o banho, deve aplicar-se um creme emoliente.
A aplicação diária de substâncias emolientes é um método simples, seguro e eficaz para controlar o eczema atópico. A sua utilização diária permite evitar os surtos e, dessa forma, diminuir a aplicação de corticóides. É necessária aplicar um tratamento que restaure a barreira cutânea e que impeça o desenvolvimento de eczemas. Pode aplicar-se o creme hidratante as vezes que se quiser e sempre depois do banho.

Terceiro passo: hidratação local do eczema atópico
Os surtos caracterizam-se por uma secura extrema e por uma comichão característica que leva o paciente a coçar-se e a que se produzam lesões encarniçadas.
Os tratamentos da pele seca baseiam-se na aplicação de cremes super hidratantes que restaurem a barreira cutânea e que acalmem a comichão. Quando as lesões são muito acentuadas, o paciente deve recorrer ao dermatologista. No caso de um surto grave, os dermatologistas aconselham o uso de cremes com cortisona nas zonas mais inflamadas; se, além disso, as lesões estiverem infectadas, o paciente tem geralmente de tomar antibióticos por via oral.