Bebe hidratacao

Hidratação e higiene do Bebé

A pele do Bebé:

A pele do bebé recém-nascido é muito frágil no momento do parto e vai amadurecendo com o tempo até aos 8-9 anos. 
As suas características especiais são as seguintes:

  1. A camada superficial é muito fina para construir uma barreira eficaz contra os agentes externos, razão pela qual é extremamente sensível e susceptível a inflamações. 
  2. O seu pH cutâneo é neutro e vai-se tornando ácido progressivamente. Isto implica uma menor defesa perante microorganismos patogénicos.
  3. Os mecanismos de defesa da pele ainda são deficientes, pelo que, qualquer lesão ou irritação pode implicar um risco de infecção.
  4. Existe uma insuficiência na segregação sebácea e sudorípara que implica um défice de lubrificação da epiderme e na película hidrolipídica protectora da pele.
  5. As pregas cutâneas são profundas e numerosas, razão pela qual se requer uma higiene mais cuidada. A higiene é uma necessidade primordial da pele de um bebé.
  6. A fralda é um depósito para a evacuação do bebé e, como tal, origina uma oclusão cutânea prolongada que facilita o desenvolvimento de microorganismos nocivos à pele. O nível de potenciais lesões está directamente relacionado com o tipo de evacuação, com a qualidade da fralda e com o tempo de contacto das fezes e da urina com a pele.

Recomendações para o cuidado adequado da pele do bebé:

Banho
As crianças podem tomar banho diariamente, mas recomenda-se que a sua duração não exceda os 25 minutos.
A temperatura da água deve estar entre os 30 e os 32º C e a temperatura ambiente entre 24º e 26º C.
Recomeda-se o uso de um gel de banho adequado à pele dos bebés, com características que mantenham uma hidratação cutânea apropriada.
O champô deve ser hipoalergénico ou, na falta deste, usar o mesmo gel de banho que usa para o corpo.
Por uma questão prática, a lavagem da cabeça deve ser prévia à lavagem do corpo.
A secagem deve ser metódica, evitando deixar zonas húmidas no corpo e usando toalhas suaves, preferencialmente de algodão.

Higiene do cordão umbilical
O cordão umbilical pode estar presente nas primeiras 2 semanas de vida. Para a sua higiene recomenda-se, em cada mudança de fralda, o uso de gazes embebidas em álcool para evitar infecções. Este tipo de higiene deve realizar-se até às 48h posteriores à queda do cordão. Não se deve manter o cordão umbilical coberto por gaze, já que isso prolonga a humidade da zona e pode atrasar a sua queda normal.

Higiene na área da fralda
Depois do banho, devemos aplicar um creme hidratante especialmente formulado para a delicada pele do bebé. A sua pele manter-se-á suave e protegida de agentes externos, trazendo conforto e bem estar à sua pele delicada. 
Este momento "especial" pode ser aproveitado para realizar uma suave massagem corporal no bebé com um efeito relaxante que o ajudará a adormecer mais facilmente e que se converterá numa forma de comunicação com ele.
A massagem pode fazer parte da rotina diária. O bebé saberá, por exemplo, que após o banho e antes de lhe vestirem a roupa, ser-lhe-á proporcionado este momento tão esperado. Ao ouvir a sua mãe esfregar as mãos com o creme, o bebé estará preparado para viver a agradável experiência da massagem. Nestes breves minutos, o bebé encontrará a paz e disfrutará de um enorme prazer. A maioria dos bebés adora o contacto físico. Não é de estranhar que as massagens tenham neles um efeito tão calmante e relaxante.